Consulado em SP

Consulado del Ecuador en Sao Paulo

This content shows Simple View

Constance Carlson

Como verificar se o profissional consultado é realmente advogado?

Para muitas situações com as quais iremos lidar, os serviços e a presença de um advogado serão fundamentais. Muitas pessoas estão se capacitando na área, deixando mercado repleto de profissionais de Direito. Entretanto, também pode existir muita geente que não está apta para o trabalho. Para evitar ocasiões como esta, saiba a seguir como você verificar se o profissional consultado é realmente um advogado.

Em que ocasiões o advogado é necessário?

O profissional da área de Direito é muito importante e pode evitar muita dor de cabeça para você. Entretanto nem todas as circunstâncias requerem a presença de um advogado. Enquanto há outras situações em que a presença deste profissional é indispensável.

Para resolver um acordo de divórcio ou de guarda de menores, a presença de um advogado é muito importante. Nem todo mundo sabe, mas também é preciso de um profissional responsável para processos de adoção, solicitação de pensão alimentícia e até divisão de herança.

A maioria dos processos tem cláusulas muito especificas e será obrigação do advogado compreender e assegurar o seu cliente quanto a elas. É o caso das situações trabalhistas como demissão por justa causa, acidente do trabalho e doença ocupacional.

Como saber se a pessoa contratada é um advogado?

O advogado tem funções muito importantes e restritas para atuações de sua área, por isso é muito importante contratar um profissional adequado. O problema é que muitas pessoas podem estar atuando indevidamente no cargo.

Mas descobrir se a pessoa que você contratou é realmente um advogado capacitado é simples. Todos os estudantes formados na graduação de Direito, precisam realizar a inscrição exame da ordem.

Só obtendo sucesso neste exame, o estudante de Direito poderá exercer suas funções no mercado. Para verificar se o seu advogado esta devidamente registrado no exame da ordem, é só verificar as informações que ficam disponíveis na internet.

Qual a forma mais segura de contratar um advogado?

A forma mais segura de consultar advogado é através de uma empresa que trabalha com este tipo de serviço. Através de uma equipe especializada, você poderá contratar o profissional ideal para cada tipo de caso.

Dentro dos profissionais de Direito existem pessoas capacitadas para áreas específicas, como por exemplo, processos familiares, processos trabalhistas, processos imobiliários, entre outros.

Existem muitos advogados que trabalham de forma independente e você também pode contratá-los, desde que confira antes se o mesmo possui a carteira da OBA, licenciando o trabalhador a prestas serviços como advogado.



Qual a Diferença Entre SENAC, SENAI, SESI e SEBRAE?

Se você conhece a modalidade de cursos técnicos, já deve ter escutado falar nas escolas técnicas do sistema S. O SENAC, o SENAI, o SESI e o SEBRAE são exemplos destas instituições tão importantes para o ensino do país. Estes serviços tem muitas semelhanças e diferenças e para entender melhor como cada uma funciona, veja o texto a seguir.

SENAC

Você já deve saber que cada uma das siglas do sistema S representam uma instituição que presta serviços a comunidade e está espalhada por todo o país. O SENAC corresponde ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial e é uma escola especializada na distribuição de cursos técnicos e cursos livres em diversos campos de atuação.

As formações do SENAC são voltadas à demanda do mercado de trabalho e desenvolvidas para profissões muito específica. A oferta de cursos em cada região, por vezes, depende dos cargos que mais precisam de pessoas capacitadas.

SENAI

Outra instituição do sistema S que é bastante popular, principalmente pela grande oferta de formações gratuitas, é o SENAI, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Enquanto o SENAC é voltado para o comércio, esta escola terá direcionamento para cargos da indústria.

Por isso, a oferta de curso SENAI gratuitos será sempre voltado aos cargos do setor industrial, formando profissionais capacitados para lidar com a área de mecânica e outros campos semelhantes.

SESI

A sigla SESI é usada para o Serviço Social da Indústria e funciona exclusivamente para atender e melhorar a vida do trabalhador da indústria. A instituição atua proporcionando a melhoria de vida do trabalhador e da sua família.

Através do SESI é possível ter acesso à cultura, lazer, cursos diversos, entre outros benefícios. Mas vale lembrar que a atuação dele é relacionada à indústria e aos profissionais encarregados da área.

SEBRAE

Todas as instituições do sistema S são muito importantes e tem um grande papel com a sociedade. O Sebrae é o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e tem papel fundamental para o cenário do empreendedorismo no Brasil. Enquanto as outras instituições são voltadas para melhorar a parte profissional, o Sebrae proporciona suporte para os negócios autônomos.

A prestação de serviços do Sebrae vai desde o auxilio para a abertura do negócio até à obtenção de crédito. É essencial para os microempreendedores receber suporte e capacitação na gestão financeira, e por isso, o Sebrae se diferencia das demais instituições que fazem parte do  sistema s.



10 motos que possuem um ótimo custo-benefício

Está pensando em adquirir uma moto? Este tipo de veículo é conhecido por facilitar a vida do motorista com sua praticidade. Mas antes de escolher um modelo, confira na lista a seguir 10 motos que possuem um ótimo custo benefício e saiba qual delas pode servir melhor para você:

Vale lembrar que custo benefício não é só relacionado com o preço que você irá pagar pelo veículo, mas também o custo de manutenção, desvalorização do automóvel, otimização de bateria e combustível, entre outros. As motocicletas abaixo pertencem a categoria de bom custo benefício por atenderem a maioria destes aspectos. Confira a seguir:

1. Honda Lead

Para quem presa por conforto e segurança, a Lead é um modelo da Honda que pode servir muito bem para o seu dia-a-dia. A Honda Lead possui baixa desvalorização no mercado, se comparada a outros modelos, assim como bom desempenho e otimização de combustível.

2. Honda PCX

A PCX é um modelo da Honda que se encaixa muito bem nesta categoria. O consumo Honda PCX tem um custo muito vantajosa e ela apresenta um excelente desempenho em área urbana.

3. Yamaha X-MAX

Yamaha X-MAX é um modelo esportivo que custa em média R$23.600,00. A moto apresenta grande tecnologia e facilidade para o motorista, sem contar que o desgaste de seu equipamento é lento.

4. Suzuki Yes

Este modelo da Suzuki é muito completo e tem baixo custo de manutenção. Geralmente, a moto faz cerca de 30 quilotemos com um litro de gasolina.

5. Honda CG 160

Outro modelo da Honda que representa bom custo de aquisição e economia para o motorista é a CG 160.  O consumo e otimização e combustível é a melhor característica do modelo.

6. Yamaha MT-03

Assim como os outros modelos da Yamaha, a MT-03 apresenta bom desempenho nas ruas com pouco consumo de combustível. Ela custa em torno dos R$ 20 mil.

7. Honda Biz

A Biz é uma motocicleta que chama a atenção do público por seu baixo custo de aquisição. Além desse ponto muito positivo, a moto roda cerca de 39,5 quilômetros com um litro de gasolina.

8. Factor YBR 125

Apesar de não ser tão popular no Brasil como os outros modelos, a Factor YBR 125 possui um dos melhores consumos para quem dirige muito, cerca de mais de 40 km/l.

9. Peugeot Vogue 50

Esta motocicleta da Peugeot pode não ser tão completa, mas dispõe de um baixo custo de compra e pode representar menos gasto com equipamentos e manutenção.

10. Honda CB 125F

A Cb é um modelo da Honda que também está presente na categoria de bom custo benefício. A moto representa muita economia para o seu comprador.



Quanto custa a multa por atraso do IPVA?

Como você já deve saber, o IPVA corresponde ao Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores e é um imposto obrigatório. Assim como qualquer valor obrigatório, se não for cumprido, o IPVA pode gerar uma cobrança de multa por atraso.

Vale lembrar que a porcentagem de juros por atraso é bem alta para alguns impostos, então para não acabar se envolvendo em uma dívida desnecessária você deve estar atento! Mas quanto custa a multa por atraso do IPVA? Leia o texto a seguir e saiba mais:

Como evitar multas do IPVA?

O IPVA é um valor a ser pago anualmente, por isso o proprietário de um veículo deve estar preparado para ele. Com o começo do ano, há muitas taxas a serem pagar, portanto, quem calcula o valor do imposto antes pode se preparar para o boleto e evitar grandes problemas com o DETRAN.

Para garantir que você estará preparado para o IPVA 2019, você deve estar atento ao valor da sua região e o prazo de pagamento. Alguns lugares como São Paulo, possuem os impostos para proprietários de veículos mais caros. Por isso, quem mora nesta região deve conferir o IPVA SP 2019 e se preparar o quanto antes!

Se tiver dúvidas maiores dúvidas, se informe com o DETRAN do seu estado pelo site ou pelo telefone!

Quanto custa a multa por atraso?

Para realizar o licenciamento do seu veículo, é preciso quitar todos os imposto obrigatórios para proprietários de automóveis. Portanto, quando deixa de pagar o IPVA você não pode realizar o licenciamento e passar a circular irregular. A multa por não cumprir o licenciamento é de R$ 293,47.

Já a multa de atraso para o IPVA pode variar de estado para estado. Por exemplo, a porcentagem para São Paulo é de 0,3% e a tendência é que aumente até chegar aos 18%, mais ou menos após 60 dias. Quando atinge a porcentagem máxima, a multa para de subir. Vale lembrar que ainda pode ser acrescentada a cobrança de juros por dia.

Como quitar a dívida?

Não quitar o IPVA pode gerar uma grande dor de cabeça para o proprietário do veículo, isto porque, além das multas, se autuado com documentação atrasada, ele pode ter o seu veículo apreendido. Os custos da apreensão são de responsabilidade do dono.

Para quitar a sua divida, você deve entrar no site do DETRAN de seu estado e verificar suas pendências através da placa do seu veículo. Será preciso gerar uma nova guia de pagamento, com os novos valores pelo atraso do imposto. Depois é só ir até uma casa lotérica ou agência bancária e realizar o pagamento.



4 motivos mais comuns de demisses por justa causa

Você sabe o que é Justa Causa? Justa Causa é todo ato faltoso por parte do empregado, que torne inviável a permanência dele na empresa. Mesmo tendo noção das éticas trabalhistas, muita gente acaba pecando nesse ponto. Se você não quer fazer parte da porcentagem dispensada sem direito algum, fique atento aos 4 motivos mais comuns de demissões por justa causa e passe bem longe deles.

Em toda empresa, existem constantemente contratações e demissões. No caso da demissão por justa causa, quando a presença do empregado, por alguma razão, se torna indesejável existem consequências irreversíveis. Esse tipo de demissão é o pesadelo de todo funcionário. Abaixo confira as causas mais comuns nessas situações e busque não repeti-las:

Ato De Improbidade

Essa demissão é comum e acontece quando o funcionário, no ambiente de seu trabalho, causa danos físicos ou morais aos seus colegas ou a própria empresa objetivando tirar vantagem de qualquer situação. Veja alguns exemplos:

  • Assinar ponto ou marcar cartão de ponto para outro colega
  • Apresentar atestado médico falso
  • Cometer atos de furto dentro da empresa

Embriaguez Habitual ou em Serviço

Se for comprovado que o funcionário está exercendo suas funções em serviço sob uso de bebidas alcoólicas ou uso de entorpecentes, a justa causa será aplicada.

Desídia

Desídia é a falta de interesse no trabalho. Se estiver:

  • Evitando suas funções
  • Atuando com preguiça
  • Se negando a cumprir tarefas
  • Faltando sem justificativa
  • Se negando a cumprir horários
  • Agindo com desinteresse ou má vontade

O funcionário também pode ser demitido por justa causa e essa situação é bastante comum.

Abandono De Emprego

Pode não parecer, mas essa demissão acontece bastante. É considerado abandono de emprego quando o funcionário não comparece ao trabalho por mais de 30 dias sem uma justificativa plausível. Nesse caso, a empresa irá intimar o empregado a comparecer no trabalho. Se, por um acaso, não houver uma resposta ou houver uma resposta negativa, a demissão pode ser concretizada pela empresa.

Atenção: quando o funcionário é dispensando de suas funções por justa causa mediante apresentação de provas, ele perde seus direitos trabalhistas. Isso quer dizer que esse tipo de demissão não permite que você tenha direito a parcelas seguro desemprego, aviso prévio, FGTS, 13° salário, rescisão, férias proporcionais, entre outros.

Não falhe com sua conduta e ética trabalhista, porque além de não poder utilizar seus benefícios de carteira assinada, você também ficará “sujo” no mercado de trabalho e não terá boas referências da empresa para futuras oportunidades.



É possível conseguir uma vaga na USP pelo SISU?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu), é um programa do Governo Federal em parceria com o Ministério da Educação (MEC), que oferece vagas em universidades públicas sem a necessidade de prestar o vestibular tradicional.

Mas será que é possível conseguir uma vaga na Universidade de São Paulo (USP), uma das mais concorridas universidades do País, com o Sisu? A USP aderiu ao Sistema de Seleção Unificada desde janeiro de 2016 para preencher uma parte das vagas existentes. Já o curso de medicina no campus da USP nas Clínicas aderiu pela primeira vez ao Sisu neste ano.

É possível conseguir uma vaga na USP pelo SISU?

Por meio deste sistema, os candidatos fazem a inscrição na vaga que escolherem entre os cursos disponíveis, utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior. O Sisu seleciona os candidatos mais bem classificados de cada curso e analisa os pesos atribuídos às notas ou se existe bônus.

Um dos critérios para participar desse Sistema Unificado é que o candidato não tenha zerado a redação. O processo seletivo é totalmente automatizado e a inscrição é feita gratuitamente e exclusivamente pela internet. A seleção acontece duas vezes por ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo.

Para se inscrever, o participante precisa do número de inscrição e a senha do Exame Nacional do Ensino Médio do ano anterior. Também é possível selecionar duas opções de curso dentro das vagas disponíveis. O candidato também deve selecionar a modalidade de concorrência (ações afirmativas, ou seja, cotas, ou ampla concorrência).

Não é necessário comprovar a renda familiar e também não existe limite de idade para se inscrever. Caso sobrem vagas, quem não passou nas duas chamadas do Sistema pode se inscrever na lista de espera.

Na primeira edição do Sisu de 2018 para a Universidade de São Paulo, foram destinadas 1.312 vagas para alunos de escola pública (EP), 1.010 para candidatos de escola pública que se declaram preto, pardo ou indígena (EP/PPI) e 423 para ampla concorrência.

A nota mínima mais alta exigida para USP pelo Sisu de 2018 foi no curso de Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística (IME).

Segundo o Conselho Universitário da USP, nos próximos três anos, as vagas para estudantes de escola pública e para os candidatos autodeclarados preto, pardo ou indígena serão ampliadas de forma gradativa. 

Em 2019, a porcentagem de cada curso de graduação será de 40% em 2020, 45%; e a partir de 2021 todos os anos, os candidatos terão 50% das vagas por curso e turno.



Saiba como funciona o atendimento especial no ENEM

Nos últimos anos o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), vem oferecendo melhoras no atendimento ao estudante no dia da aplicação do Exame.

Os candidatos que precisam de atendimento diferente do comum devem informar a necessidade já no ato da inscrição, além de comprovar por meio de laudo médico, anexado ao sistema de inscrição. O atendimento é válido para quem tem ou não a isenção do ENEM e é dividido em especializado e específico e deve ser solicitado no momento da inscrição.

Atendimento especializado

A prova ampliada está disponível para candidatos com baixa visão ou visão monocular. As provas são impressas com fonte 24 e imagens ampliadas, além do uso de ledor ou transcritor, se houver necessidade.

Já a prova em braile é voltada para deficientes visuais, candidatos com baixa visão e/ou visão monocular, e são aplicadas em salas individuais. Além disso o candidato conta com um ledor das questões e um transcritor de respostas. 

O ledor é um serviço prestado individualmente, indicado para candidatos com deficiência visual, visão monocular, deficiência intelectual, autismo, déficit de atenção, dislexia ou discalculia. O ledor também pode atuar como transcritor de respostas. 

Os transcritores de respostas são disponibilizados para candidatos com impossibilidades de escrever ou preencher o cartão-resposta. Além desses, o serviço também é prestado para os candidatos citados anteriormente.

Já o serviço de fácil acesso é indicado para pessoas com algum tipo de deficiência física, motora e/ou percepção. Elas têm direito a um local de prova com acessibilidade, próximas aos banheiros.

O serviço do guia-intérprete é indicado para pessoas com surdocegueira. Profissionais com domínio de técnicas de guia, tradução e interpretação são disponibilizados para atuar como guia intérprete.

A leitura labial deve ser solicitada por pessoas com deficiência auditiva caso prefira. O atendimento é prestado por profissionais capacitados na área.

Os deficientes auditivos também podem solicitar o serviço da Língua Brasileira de Sinais (Libras), onde um tradutor-intérprete irá esclarecer dúvidas na leitura de palavras e expressões.

Já o mobiliário acessível é um recurso disponível para cadeirantes, grávidas, obesos, dentre outros.

Uma sala especial também pode ser solicitada para candidatos com doenças infectocontagiosas, porém O recurso não é disponibilizado no ato da inscrição, mas pode ser requerido no dia e no local do Exame.

Atendimento específico

O recurso de classe hospitalar é disponível apenas para pacientes internados para tratamentos de saúde no dia da prova. Nesse caso, é necessário o candidato apresentar a autorização hospitalar.

As lactantes que podem indicar um responsável legal para cuidar da criança durante a realização da prova. Neste caso, um local é reservado para a acomodação dos dois e para a amamentação do bebê.



Saiba quais as melhores faculdades privadas de São Paulo

São Paulo é a maior e a mais populosa cidade do Brasil e, por isso, atrai milhares de estudantes do País não somente pela quantidade de cursos disponíveis, mas também pela qualidade de ensino em suas instituições. Muitas delas são consideradas referências no ensino superior.

Com tantas opções de instituições educacionais assim, o desafio é escolher qual delas é a melhor para você. Uma boa dica para saber se é válido se matricular em alguma delas é consultar gratuitamente a avaliação que o Ministério da Educação (MEC) realiza periodicamente em todas as instituições de ensino brasileiras. Basta acessar o site do MEC e clicar na aba “consulta avançada”.

Outra dica importante é saber quais instituições oferecem descontos e se participam de programas do governo, como por exemplo, as bolsas do Prouni 2019. Mas para te ajudar, selecionamos 15 instituições privadas de ensino superior de São Paulo com as maiores notas, segundo o Ranking Universitário Folha (RUF) de 2017. Confira:

  • A Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE) é considerada uma das melhores do país, e ficou em primeiro lugar no RUF, com nota média de 73,35;
  • A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) também é uma das mais conhecidas instituições do Brasil, e segundo o RUF, em 2017 teve nota média de 65,40 e ficou em segundo lugar;
  • Já a Universidade Nove de Julho (UNINOVE) ficou em terceiro lugar no ranking com nota de 61,48;
  • A Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMPINAS) ocupa o quarto lugar com nota média de 61,32;
  • Em quinto lugar no ranking ficou a Universidade de Franca (UNIFRAN), com nota média de 52,97.
  • A Universidade Paulista (UNIP), que possui vários campos em São Paulo ficou, segundo o RUF, com a sexta posição, com a nota média de 51,63.
  • Já a Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP) ocupa a sétima posição, com nota de 51,19.
  • Em oitavo lugar ficou a Universidade São Francisco (USF) e, segundo o Ranking, ficou com nota de 50,76.
  • A Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) conquistou o nono lugar no Ranking com nota média de 49,98.
  • A Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) ocupa a décima posição segundo o RUF com nota de 48,82.
  • Em décimo primeiro lugar ficou a Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), com nota média de 47,27.
  • A Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) ficou com a nota de 44,61, ocupando o décimo segundo lugar.
  • A Universidade Anhembi Morumbi (UAM) conquistou o décimo terceiro lugar com a nota média de 43,94, segundo o Ranking.
  • Já a Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) tem a nota de 43,17, ocupando o décimo quarto lugar do RUF.
  • Por último, a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), conquistou o décimo quinto lugar entre as melhores instituições de ensino superior de São Paulo com a nota de 43,04.


8 coisas que você não saiba sobre o Tiago Leifert

Apresentador do programa Zero 1 e do Big Brother Brasil da Rede Glogo Globo, Tiago Leifert, tem uma longa trajetória na televisão. Apesar de hoje ser uma celebridade, Leifert nem sempre quis ser famoso. Listamos 8 coisas que você provavelmente não sabia sobre ele.

Tiago Leifert começou cedo na TV.

Com apenas 16 anos de idade, já fazia a cobertura do programa Desafio ao Galo, hoje extinto, que transmitia os jogos das equipes de várzea de São Paulo pela TV Gazeta, afiliada da Rede Globo;

Formado em psicologia

O apresentador é formado em psicologia por uma faculdade em Miami, nos Estados Unidos, e afirma em entrevistas que até hoje usa o que aprendeu em sala de aula. Também nos Estados Unidos, se formou em Comunicação com habilidade em telejornalismo e estagiou na Rede NBC;

Filho dos dos advogados Maria Helena Lopes Rodrigues Leifert e Gilberto Carlos Leifert.

O Pai de Tiago também é diretor da Central Globo de Relações com o Mercado;

Transtorno alimentar da esposa

Em algumas entrevistas, Tiago afirma que ajudou a esposa, Daiana Garbin, a tratar um transtorno alimentar que lidava há mais de 22 anos. Ele foi fundamental para Daiana parar de tomar remédios para emagrecer e afirma que a formação em psicologia contou bastante nesse momento;

Apresentador com 28 anos

Com 28 anos, assumiu o cargo de apresentador e editor-chefe do Globo Esporte de São Paulo. Permaneceu nesse posto de 2009 a 2015, e no dia de sua despedida ficou emocionado e chorou ao vivo na TV;

Apresentador de vários programas

Além do programa Zero 1, que apresenta atualmente, Tiago Leifert já apresentou outros 6 programas na Rede Globo: Globo Esporte São Paulo, Central da Copa, The Voice Brasil, The Voice Kids Brasil, É De Casa e o Big Brother Brasil (BBB). Foi nesse último posto que Leifert sucedeu o também apresentador Pedro Bial. As Inscrições do BBB 19 já estão abertas. Vale a pena tentar uma vaga;

Considera um “desapresentador

Tiago Leifert se considera um “desapresentador”. Em entrevista ele afirma que foge da figura dos apresentadores formais da televisão. “Quando a gente fala apresentador, imagina uma pessoa que liga a câmera e faz uma postura, tem uma persona”, comenta. Ele também afirma que usa as mesmas roupas do dia a dia, diz o que lhe dá na telha e que não teve um treinamento formal;

Judaísmo

A religião do apresentador é o judaísmo. Ele casou com Daiana Garbin em uma cerimônia dupla, onde a irmã Marcela também oficializou a relação com o diretor do Programa do Jô, Willem Van Weerelt. O casamento teve uma bênção católica e uma judaica e Tiago quebrou o copo, que é uma tradição religiosa dos judeus.



8 Motivos para não morar em São Paulo

Provavelmente você já ouviu falar que São Paulo é uma cidade agradável para se viver pois possui a economia mais forte da América latina e as melhores oportunidades de emprego.

Mas na verdade isso não necessariamente quer dizer que a vida seja excelente nesta cidade caótica. A cidade tem diversos problemas, e por isso, vamos citar oito motivos para não morar em São Paulo.

O trânsito

Sem sombra de dúvidas o trânsito de São Paulo é o mais conhecido do Brasil e um dos mais falados do mundo. Mas não de uma forma positiva. O trânsito paulista é simplesmente caótico.

É bastante comum os moradores desta cidade passarem horas presos em engarrafamentos quilométricos, o que reduz bastante a qualidade de vida, já que o nível de estresse dos motoristas e passageiros é testado diariamente.

Superlotação

A capital paulista possui o maior número de habitantes por metro quadrado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017 eram mais de 12 milhões de pessoas vivendo na cidade.

Tudo na cidade é superlotado: o trânsito, os metrôs, ônibus, bares, shoppings, entre outros lugares que suportam milhares de pessoas. A qualquer hora do dia, vale ressaltar. Por isso a cidade é conhecida como “a cidade que não pode parar”.

O ambiente

As ruas, principalmente as do centro normalmente estão sujas, com muros pichados, calçadas destruídas e íngremes, o que dificulta o acesso aos deficientes. Além do clima, que muitas vezes deprime, as pessoas estão sempre com pressa, andando rapidamente e trombando umas nas outras.

O custo de vida

São Paulo é uma das cidades mais caras para se viver no Brasil. O custo de moradia é alto, o preço de bares e restaurantes é simplesmente assustador, sem falar nas opções de lazer. Se você não ganha relativamente bem, muito provavelmente não consegue ter uma “vida boa” na capital paulista.

O Clima

O clima de São Paulo é completamente instável. De manhã pode estar fazendo um calor de 30 graus. Mas quando a tarde cai pode ir retirando os casacos da bolsa e dos armários, pois a temperatura já caiu drasticamente e muito provavelmente a chuva vai aparecer. Não dá para ter certeza de como será o clima do dia, por isso é melhor sair prevenido.

Concentração de renda

É comum você morar em um bairro nobre e a vista da varanda ser a poucos metros de uma favela. Ao lado do Higienópolis, um dos bairros mais ricos de São Paulo, a Cracolândia. Sem falar nos moradores de rua de uma das mais conhecidas vias da cidade: a Oscar Freire. A diferença entre o rico e o pobre em São Paulo é gritante e muito triste de se ver.

Violência

A Violência em São Paulo está presente em todos os lugares, diariamente. É comum ouvirmos notícias de crimes, assassinatos, mortes, estupros, sequestros e acidentes na cidade.

Para ficar em uma praça utilizando um aparelho celular ou qualquer outro bem eletrônico, é preciso ter cuidado, pois corre o risco de ser assaltado.

Tudo é trabalho

Como já citado acima, São Paulo é conhecida como a “a cidade que não pode parar”. Pessoas de outros estados migram para a capital paulista a procura de emprego, pois a cidade é conhecida por “tudo é somente trabalho”.

 




top