8 Motivos para não morar em São Paulo

Provavelmente você já ouviu falar que São Paulo é uma cidade agradável para se viver pois possui a economia mais forte da América latina e as melhores oportunidades de emprego.

Mas na verdade isso não necessariamente quer dizer que a vida seja excelente nesta cidade caótica. A cidade tem diversos problemas, e por isso, vamos citar oito motivos para não morar em São Paulo.

O trânsito

Sem sombra de dúvidas o trânsito de São Paulo é o mais conhecido do Brasil e um dos mais falados do mundo. Mas não de uma forma positiva. O trânsito paulista é simplesmente caótico.

É bastante comum os moradores desta cidade passarem horas presos em engarrafamentos quilométricos, o que reduz bastante a qualidade de vida, já que o nível de estresse dos motoristas e passageiros é testado diariamente.

Superlotação

A capital paulista possui o maior número de habitantes por metro quadrado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017 eram mais de 12 milhões de pessoas vivendo na cidade.

Tudo na cidade é superlotado: o trânsito, os metrôs, ônibus, bares, shoppings, entre outros lugares que suportam milhares de pessoas. A qualquer hora do dia, vale ressaltar. Por isso a cidade é conhecida como “a cidade que não pode parar”.

O ambiente

As ruas, principalmente as do centro normalmente estão sujas, com muros pichados, calçadas destruídas e íngremes, o que dificulta o acesso aos deficientes. Além do clima, que muitas vezes deprime, as pessoas estão sempre com pressa, andando rapidamente e trombando umas nas outras.

O custo de vida

São Paulo é uma das cidades mais caras para se viver no Brasil. O custo de moradia é alto, o preço de bares e restaurantes é simplesmente assustador, sem falar nas opções de lazer. Se você não ganha relativamente bem, muito provavelmente não consegue ter uma “vida boa” na capital paulista.

O Clima

O clima de São Paulo é completamente instável. De manhã pode estar fazendo um calor de 30 graus. Mas quando a tarde cai pode ir retirando os casacos da bolsa e dos armários, pois a temperatura já caiu drasticamente e muito provavelmente a chuva vai aparecer. Não dá para ter certeza de como será o clima do dia, por isso é melhor sair prevenido.

Concentração de renda

É comum você morar em um bairro nobre e a vista da varanda ser a poucos metros de uma favela. Ao lado do Higienópolis, um dos bairros mais ricos de São Paulo, a Cracolândia. Sem falar nos moradores de rua de uma das mais conhecidas vias da cidade: a Oscar Freire. A diferença entre o rico e o pobre em São Paulo é gritante e muito triste de se ver.

Violência

A Violência em São Paulo está presente em todos os lugares, diariamente. É comum ouvirmos notícias de crimes, assassinatos, mortes, estupros, sequestros e acidentes na cidade.

Para ficar em uma praça utilizando um aparelho celular ou qualquer outro bem eletrônico, é preciso ter cuidado, pois corre o risco de ser assaltado.

Tudo é trabalho

Como já citado acima, São Paulo é conhecida como a “a cidade que não pode parar”. Pessoas de outros estados migram para a capital paulista a procura de emprego, pois a cidade é conhecida por “tudo é somente trabalho”.