4 motivos mais comuns de demisses por justa causa

Você sabe o que é Justa Causa? Justa Causa é todo ato faltoso por parte do empregado, que torne inviável a permanência dele na empresa. Mesmo tendo noção das éticas trabalhistas, muita gente acaba pecando nesse ponto. Se você não quer fazer parte da porcentagem dispensada sem direito algum, fique atento aos 4 motivos mais comuns de demissões por justa causa e passe bem longe deles.

Em toda empresa, existem constantemente contratações e demissões. No caso da demissão por justa causa, quando a presença do empregado, por alguma razão, se torna indesejável existem consequências irreversíveis. Esse tipo de demissão é o pesadelo de todo funcionário. Abaixo confira as causas mais comuns nessas situações e busque não repeti-las:

Ato De Improbidade

Essa demissão é comum e acontece quando o funcionário, no ambiente de seu trabalho, causa danos físicos ou morais aos seus colegas ou a própria empresa objetivando tirar vantagem de qualquer situação. Veja alguns exemplos:

  • Assinar ponto ou marcar cartão de ponto para outro colega
  • Apresentar atestado médico falso
  • Cometer atos de furto dentro da empresa

Embriaguez Habitual ou em Serviço

Se for comprovado que o funcionário está exercendo suas funções em serviço sob uso de bebidas alcoólicas ou uso de entorpecentes, a justa causa será aplicada.

Desídia

Desídia é a falta de interesse no trabalho. Se estiver:

  • Evitando suas funções
  • Atuando com preguiça
  • Se negando a cumprir tarefas
  • Faltando sem justificativa
  • Se negando a cumprir horários
  • Agindo com desinteresse ou má vontade

O funcionário também pode ser demitido por justa causa e essa situação é bastante comum.

Abandono De Emprego

Pode não parecer, mas essa demissão acontece bastante. É considerado abandono de emprego quando o funcionário não comparece ao trabalho por mais de 30 dias sem uma justificativa plausível. Nesse caso, a empresa irá intimar o empregado a comparecer no trabalho. Se, por um acaso, não houver uma resposta ou houver uma resposta negativa, a demissão pode ser concretizada pela empresa.

Atenção: quando o funcionário é dispensando de suas funções por justa causa mediante apresentação de provas, ele perde seus direitos trabalhistas. Isso quer dizer que esse tipo de demissão não permite que você tenha direito a parcelas seguro desemprego, aviso prévio, FGTS, 13° salário, rescisão, férias proporcionais, entre outros.

Não falhe com sua conduta e ética trabalhista, porque além de não poder utilizar seus benefícios de carteira assinada, você também ficará “sujo” no mercado de trabalho e não terá boas referências da empresa para futuras oportunidades.